www.jornaldenegocios.pt

Laboratório português armazena energia, pensando no desenvolvimento de novas baterias

 

Localizado no Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, o Laboratório Colaborativo Vasco da Gama CoLAB, é o primeiro a juntar-se ao consórcio europeu de baterias – o IPCEI EuBatIn.

Com origem no Porto, em 2019, o laboratório português Vasco da Gama CoLAB (VG CoLAB), é uma associação privada e sem fins lucrativos. Reúne um vasto grupo de parcerias públicas e privadas da academia e indústria, pretendendo centrar-se na cadeia de valor do armazenamento energético à base de baterias.

Com esta nova participação, o VG CoLAB “armazena” energia, trabalhando em prol do desenvolvimento de tecnologia para conversão energética, bem como pela produção piloto de baterias de iões de sódio.

Será o primeiro “incubador de inovação” nacional que se junta ao consórcio europeu, IPCEI EuBatIn, com financiamento de 2.9 mil milhões de euros através da Comissão Europeia.

Imagem referente à notícia do novo laboratório português que armazena energia, pensando no desenvolvimento de novas baterias.

Laboratório português armazena energia, mostrando valor internacionalmente

Com objetivo em acelerar o reconhecimento de Portugal lá fora, esta junção permite também o desenvolvimento de tecnologias associadas à geração de baterias, além do armazenamento.

Contudo, Cipriano Lomba, presidente do Vasco da Gama CoLAB, chama a atenção para a necessidade de apoio dos parceiros atuais. Abrindo-se uma porta para a investigação de desenvolvimento, será uma boa oportunidade de apresentar novos trabalhos.

Simultaneamente acrescenta, que a integração no EuBatIn, “contribui decisivamente para posicionar o país na vanguarda da inovação em armazenamento de energia, promovendo o desenvolvimento de tecnologias de alto valor acrescentado e a criação de empregos qualificados.”

 

LEIA A NOTÍCIA ORIGINAL AQUI